Blog

A Maturidade de Uma Nação

1 de junho de 2016

Apesar das dificuldades que todo povo brasileiro está passando, é saudável esse período a nível energético. Sem dar conotação partidária, mas ressaltando a contribuição que todos esses anos tiveram na maturação desse povo, transformando essas pessoas numa nação.

O país está encerrando um ciclo energético que podemos chamar de adolescência. A administração das pessoas que estarão encerrando seu mandato neste domingo, entrará para a história, pois eles foram o que pode ser chamado do período energético adolescente de uma nação.

Quando houve a troca de governo, assumindo a administração que governou por mais de 14 anos, a população não teve a paciência de esperar o amadurecimento em um processo de crescimento. Quiseram com muita volúpia ter e vivenciar realidades que são conquistadas com trabalho, tempo e dedicação.

Como todo adolescente, quisemos tudo de imediato, aí voltamos e elegemos aqueles que prometiam isso. Hoje passado os anos, vimos que essas conquistas são possíveis e virão, mas com trabalho, dedicação e maturidade de todos de fazer sua parte dentro da sociedade.

Quando se sente o momento energético, podemos dizer que está caótico, mas isso faz parte e todos, uns mais, outros menos, estão sofrendo essas influências energéticas.

É assim mesmo, outros países já passaram por isso, os americanos com a Guerra da Secessão, os ingleses com a Revolução Industrial, os chineses com o Mao Tse Tung e por aí vai. A história é farta desses fatos adolescentes energeticamente e que depois desse momento desabrocham e trazem maturidade e crescimento estável.

Esse momento energético que se finda fez parte e foi importante para que nós brasileiros nos víssemos como nação, fomos para rua não para lutar por minhas causas ou suas, mas pelas causas de uma nação.

Claro que dentro deste cenário tiveram figuras que se destacaram mais ou menos, mas tiveram sua participação nesta história. Sendo que as duas figuras que mais se destacaramm nesse cenário tiveram contato direto com o mensageiro do Pai. Cada um fez a sua escolha na maneira de comportamento diante dessa transformação pela qual a nação brasileira está passando.

Hoje podemos afirmar que a nação brasileira deixou de ser adolescente e entrou na fase adulta. Essa nova fase energética que se inicia vai nos mostrar novos caminhos e também novos valores.

Cabe a cada um de nós daqui para frente interiorizar e externar toda essa ânsia de transformação de valores que buscamos e pedimos nas ruas. Colocar em prática nas nossas atitudes do dia-a-dia, não permitindo que façamos aquilo que saímos às ruas pedindo que se acabe.

Precisamos nos detalhes cuidar para não corromper, não buscar vantagens, sermos honestos, íntegros e verdadeiros nas palavras, atitudes e formação de vida.

Uma nação só se tornará adulta quando sua população fizer dela adulta, cumprindo suas obrigações e deveres como cidadãos.

Não sair às ruas com revanchismo, nem com sentimentos de ganhador ou perdedor. Na segunda-feira, acordar e sair à rua com o sentir de uma nação e como parte desta nação estão inclusos negros, brancos, pobres, deficientes, crianças, idosos, homossexuais e todos os demais que a formam.

Não sair como esse ou aquele, saia como uma pessoa que hoje habita um país chamado Brasil, que você, como todos os que vivem aqui, sintam que podem transformar esse país num novo local onde todos possam ser acolhidos, amados e respeitados.

Agora não é hora de olhar para trás, é hora de aprendermos que uma nação se faz de trabalho, igualdade e dedicação.

A bem-aventurança do país só depende de nós e nossas atitudes.

Façam suas escolhas e escolham serem livres, que o amor seja como a bandeira desse novo momento que estamos prestes a viver.

O país é um estado físico com fronteiras, delimitando esse espaço físico. Nação é um estado energético sem fronteiras, mas com identidade.

Com isso, deixaremos de ser brasileiros e passaremos a fazer parte de uma nação chamada Brasil.

 

Atair dos Santos

13 de abril de 2016

 

Photo by Rafaela Biazi on Unsplash

 



Back to blog list



Join Discussion